Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul APÓS RESTAURO

Estátua do Laçador volta hoje à entrada de Porto Alegre

Recolocação será a partir das 16 horas. Monumento havia sido retirado em setembro para passar por restauração

Publicado em: 11.01.2022 às 03:00 Última atualização: 11.01.2022 às 16:19

Ocorre nesta terça-feira (11) a recolocação do Monumento ao Laçador em seu Sítio, na Avenida dos Estados, em Porto Alegre.

"Em restauro desde setembro de 2021, o monumento do escultor pelotense Antônio Caringi passou por diversas intervenções que resultaram em um Laçador mais resistente e pronto para voltar a ser o símbolo da cultura gaúcha", comunicou a prefeitura da capital.

Estátua do Laçador volta hoje à entrada de Porto Alegre
Estátua do Laçador volta hoje à entrada de Porto Alegre Foto: Paulo Pires/GES

A recolocação será entre as 16 e as 17 horas. A operação de translado da estátua do galpão onde houve o restauro até o Sítio começou mais cedo, antes das 15 horas. A cavalaria do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) fez a escolta do monumento, e a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) garantiu a segurança da obra no trajeto.

Algumas últimas intervenções na estátua serão feitas no local. Ainda em janeiro, o Laçador deve estar totalmente pronto para ser reinaugurado e entregue à cidade.

O restauro faz parte do Projeto Construção Cultural - Resgate do Patrimônio Histórico, promovido pelo Sindicato dos Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS) e pela Associação Sul Riograndense da Construção Civil. “São sete anos de um projeto que muito nos orgulha, e poder devolver um monumento restaurado, seguro e que simboliza tanto a força dos gaúchos é uma alegria imensa. Em especial neste ano em que a cidade completa 250 anos”, destaca o coordenador do projeto, Zalmir Chwartzmann.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.