Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul FIM DO JÚRI

Quatro réus são condenados pelo incêndio na Boate Kiss

Tragédia matou 242 pessoas e feriu outras 636 em 27 de janeiro de 2013

Publicado em: 10.12.2021 às 17:56 Última atualização: 10.12.2021 às 19:11

Quatro réus foram condenados no júri do caso da Boate Kiss. A sentença foi lida em 24 minutos pelo juiz Orlando Faccini Neto, no final da tarde desta sexta-feira (10), após 10 dias de julgamento.

Os sócios da boate, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, o músico Marcelo de Jesus dos Santos e o produtor musical da banda Gurizada Fandangueira Luciano Augusto Bonilha Leão foram condenados pela morte de 242 pessoas no incêndio da Boate Kiss, em 27 de janeiro de 2013, em Santa Maria.

A pena final de Elissandro foi de 22 anos e seis meses de reclusão, a de Mauro foi de 19 anos e seis meses e Marcelo e Luciano foram condenados a 18 anos de prisão. O juiz determinou que os quatro cumprissem as penas em regime fechado e que saíssem do foro sem algemas.

No entanto, após a sentença, a defesa de Spohr apresentou um habeas corpus pedindo que o condenado não fosse preso. O documento foi aceito pelo juiz, que estendeu o benefício aos outros três condenados. Assim, nenhum deles foi preso e devem recorrer da decisão em liberdade. 

Assista à leitura da sentença:

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.