Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Educação

Prazo de matrícula para alunos que realizaram a 1ª Chamada Pública Escolar é estendido até o dia 22

Em alguns casos, as escolas aceitarão o encaminhamento dos documentos por e-mail, entenda

Publicado em: 04.03.2021 às 07:31

Com o objetivo de garantir a organização para o atendimento nas escolas, respeitando os protocolos sanitários e medidas de combate à Covid-19, a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) prorroga o prazo de matrícula nas escolas para os alunos que participaram da 1ª edição da Chamada Pública Escolar. O período, que se encerraria no dia 12, agora segue até o dia 22 de março.

De acordo com a coordenadora da Demanda Escolar da Seduc, Salete Albuquerque, a iniciativa tem o intuito de evitar aglomerações nas escolas e dar oportunidade para que pais ou responsáveis se organizem com tranquilidade. “Estamos passando por um período de bandeira preta e alerta de risco máximo para contaminação de Covid-19. Por isso, estamos tomando todas as medidas de controle sanitário e permitindo que as pessoas tenham mais tempo para matricular seus filhos na Rede”, destaca.

Ainda conforme a coordenadora, somente nos casos específicos dos alunos ingressantes, é que a escola aceitará o encaminhamento dos documentos por e-mail. “Conversamos com o Ministério Público e em virtude da alta demanda de novos alunos na Rede Estadual, as instituições de ensino também aceitarão a entrega dos documentos exigidos por e-mail”, acrescenta.

As pré-matrículas, inscrições e transferências on-line somente serão efetivadas com a matrícula presencial nas escolas e mediante a entrega dos seguintes documentos:

- Certidão de nascimento do aluno ou RG, comprovante de escolaridade
- Comprovante de residência do responsável; RG do responsável
- Para alunos do 1º Ano do Ensino Fundamental: CNS (Cartão Nacional de Saúde) e NIS (Número de Identificação Social) e atestado de vacinação.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.