Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região PORTO ALEGRE

Pista ampliada do Aeroporto Salgado Filho entra em funcionamento

Obra, que começou em 2018, teve investimento de R$ 135 milhões

Por Eduardo Amaral
Publicado em: 19.05.2022 às 18:16 Última atualização: 19.05.2022 às 18:16

Entrou em funcionamento nesta quinta-feira (19) a pista ampliada do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. Iniciadas em 2018, as obras que aumentaram a pista em 920 metros tiveram um custo total de R$ 135 milhões. Elas fazem parte do contrato entre a Fraport - empresa que administra o terminal desde 2017 - e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A previsão inicial era que a nova pista fosse entregue em 2021, mas o plano foi adiado devido ao atraso na desocupação da Vila Nazaré, na zona Norte de Porto Alegre. Os moradores estavam dentro do sítio aeroportuário. Devido à pandemia de Covid-19, a Anac aumentou o prazo para retirada das famílias.

Com a extensão da pista, o Aeroporto poderá receber aviões com cargas maiores, como os modelos boeing B777-30ER, entre outros mais robustos. Esse aumento de capacidade foi comemorado por empresários gaúchos que trabalham com exportação, os quais preveem uma redução nos custos de logística. Hoje, a agroindústria do Estado precisa transportar a maior parte da sua produção por rodovia até São Paulo para, então, seguir por via aérea ao destino no exterior.

A pista de pouso e decolagem anterior, com 2,2 mil metros, permitia operações com alcance máximo de aproximadamente nove mil quilômetros, porém com a capacidade máxima de passageiros e carga aérea limitada. A ampliação para 3,2 mil metros permitirá operações de carga completa a uma distância de cerca 12 mil quilômetros.

Histórico das obras

Uma demanda antiga, as obras de ampliação da pista começaram em março de 2018 e compreendem diversas adaptações para poder receber a pista ampliada. A remoção das famílias da Vila Nazaré iniciaram apenas em 2021, após ações em outros pontos do terminal.

Em dezembro de 2018, foi entregue a nova via de taxiamento (taxiway). No primeiro trimestre de 2019, foram entregues a subestação de energia 2, dedicada ao Terminal de Passageiros, a reforma da RESA (área de segurança de final de pista).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.