Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região INVESTIGAÇÃO

Empresária de Novo Hamburgo teria sido morta por querer se separar de engenheiro

Crime aconteceu na virada do ano, em Imbé, e fato intrigante do passado é apurado

Por Silvio Milani
Publicado em: 06.01.2022 às 21:56 Última atualização: 07.01.2022 às 10:32

O casal de namorados aparentava uma relação feliz e harmônica. Carolina Nunes da Costa, 31 anos, era dona de administradora de condomínios em Novo Hamburgo, onde morava, e o engenheiro Maikel da Silveira Ramos, 35, tinha instaladora de energia solar em Canoas. Os dois foram encontrados mortos a tiros na casa de veraneio da família dele, em Imbé, na virada do ano.

Crime aconteceu em Imbé no último dia de 2021
Crime aconteceu em Imbé no último dia de 2021 Foto: Reprodução/Redes Sociais
No início ninguém entendeu o motivo. Hoje a principal linha de investigação é que Maikel matou a companheira por não aceitar a separação. Depois tirou a própria vida. Carol, como era conhecida, tinha um filho de oito anos.

“Apuramos que ela queria terminar o relacionamento e que ele era depressivo”, declara o delegado de Imbé, Antônio Carlos Ractz Júnior. A ocorrência foi registrada como feminicídio seguido de suicídio. O delegado conta que parentes, reunidos na residência do balneário Mariluz na noite de 31 de dezembro, chegaram a ouvir estampidos, mas pensaram que eram fogos de artifício. Quando foram chamar o casal no quarto para brindar o ano-novo, encontraram os corpos.

Duas pistolas foram apreendidas no quarto

A empresária foi atingida por quatro tiros. Uma pistola calibre 9 milímetros estava ao lado do cadáver do engenheiro, que tinha uma perfuração na cabeça. Outra arma, do mesmo modelo, também foi apreendida no quarto. As duas estavam em situação legal, registradas em nome de Maikel. O casal estava sozinho no cômodo, onde nada de anormal tinha sido percebido pelos familiares, como gritos ou discussão. Somente teriam associado os tiros aos estampidos quando depararam com os cadáveres. O casal estava junto há cerca de dois anos.

Crime intrigante do passado é apurado

O delegado revela que o fator psicológico de um fim de relacionamento, associado à depressão, pode ter aflorado no engenheiro um intrigante componente do passado. “Tenho informalmente que o pai tinha feito o mesmo com a mãe dele. Como aconteceu há muitos anos, não está no nosso sistema informatizado. Será necessário confirmar pelas certidões de óbito, que vão demorar para chegar.”

Maikel não falava do trauma de infância

Conforme relatos de parentes, Maikel tinha quatro anos quando o pai matou a mãe dele e depois cometeu suicídio. Apesar do trauma de infância, o engenheiro era visto como pessoa alegre e profissional entusiasmado com a empresa que abriu em dezembro de 2017, em São Leopoldo, e depois passou para Canoas. Em 2016, havia se formado em Engenharia da Energia pela Unisinos. “Nunca percebi sinais de depressão. Ele não falava sobre isso”, comenta um colega. Maikel era morador de Esteio. Não tinha filhos.

Carol fazia gestão de condomínios

A hamburguense do bairro Operário era síndica profissional. Em julho deste ano, depois de sair da imobiliária onde atuava na administração, abriu a empresa Carolina Costa Gestao de Condomínios Ltda. Prestava serviços na cidade e em outros municípios da região. “Ela vinha conquistando clientes. Estava animada com as oportunidades que se abriam”, conta um amigo. Parentes usaram o nome de infância, Carolina Heuydrich, no comunicado dos atos fúnebres. O velório ocorreu na Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias, no bairro Canudos. “Que meu Deus me guie nos lugares aonde não sei caminhar”, era frase que abria o perfil em uma rede social da empresária.
 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.