Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Política

Mesa Diretora da Câmara de Canela protocola denúncia contra Alberi Dias

Vereadores devem instalar Comissão de Ética que pode gerar cassação do vereador afastado e preso

Publicado em: 04.01.2022 às 17:38 Última atualização: 04.01.2022 às 17:45

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Canela protocolou na tarde desta terça-feira (4) denúncia em relação aos fatos que envolvem o vereador Alberi Dias (MDB), ex-presidente da Casa Legislativa. O político é investigado na Operação Cáritas, que investiga supostos casos de corrupção em parte do poder público da cidade. Ele foi preso pela segunda vez no último dia 28 de dezembro.

Prisão de Alberi Dias em novembro
Prisão de Alberi Dias em novembro Foto: Letícia de Lima/GES-Especial
De acordo com nota da Câmara, esse é o meio pelo qual os vereadores deverão instalar uma Comissão de Ética para avaliar os fatos relacionados ao edil. Segundo a Mesa Diretora, a denúncia tem como base "o comportamento vexatório ou indigno capaz de comprometer a dignidade do Poder Legislativo Municipal".

A nota, assinada pela presidente Emilia Fulcher (Republicanos), pelo vice-presidente Jefferson de Oliveira (MDB), e primeiro-secretário Alfredo Schaffer (PSDB), cita a repercussão negativa que a investigação e prisões de Alberi causaram na Câmara. Com a Comissão de Ética Processante, o procedimento pode levar à cassação do vereador afastado. Dias renunciou ao cargo de presidente da Casa Legislativa na última sexta-feira (31). 

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.