Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Desvios e fraudes

'Estou tranquilo, sempre prezei pela honestidade', diz presidente da Câmara ao ser preso

Além de Alberi Dias (MDB), presidente do partido e secretário de Obras também foram alvos da Operação Cáritas

Por Letícia de Lima
Publicado em: 08.11.2021 às 12:29 Última atualização: 08.11.2021 às 12:38

Sob o comando do delegado Vladimir Medeiros, a Polícia Civil deflagrou a Operação Cáritas para cumprir 176 medidas judiciais na manhã desta segunda-feira (8). A ação policial tem como objetivo combater uma organização criminosa estabelecida em parte do poder público de Canela. O esquema criminoso, segundo a Civil, realizava o desvio de verbas públicas, fraudes em contratos e enriquecimento ilícito de agentes políticos e servidores da Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores.

Buscas em Canela em operação contra corrupção
Buscas em Canela em operação contra corrupção Foto: Letícia de Lima/GES-Especial
Entre os três presos preventivamente na operação de hoje está o presidente da Câmara, Alberi Dias (MDB). "A Polícia está fazendo o trabalho dela, vamos ver o que eles vão apurar, mas da minha parte com certeza não tem nada, estou tranquilo, sempre prezei pela honestidade. Não tô preocupado com nada", declarou o vereador ao ser preso no seu escritório de advocacia ainda pela manhã.

Além de Alberi, foram presos por suspeita de corrupção em Canela o secretário de Obras Luís Claudio da Silva (conhecido como Ratinho) e o interventor do Hospital de Caridade de Canela (HCC), Vilmar Santos, que também é presidente da sigla partidária e assessor jurídico da Prefeitura.

Foram afastados dos cargos o secretário de Turismo de Canela, Ângelo Sanches, o subsecretário de Obras e vice-presidente do MDB, Osmar Bonetto, e Denis de Souza, Cargo de Confiança (CC) da Secretaria de Obras.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.