Publicidade
Notícias | Região Centro

Iniciam as obras de revitalização das calçadas da Rua Felisberto Soares em Canela

Trecho receberá espaços de convivência com bancos, paisagismo, bicicletários e palco para apresentações artísticas

Publicado em: 09.06.2021 às 15:35 Última atualização: 09.06.2021 às 16:20

Obras de revitalização das calçadas da Rua Felisberto Soares Foto: André Fernandes/Divulgação
A Prefeitura de Canela deu início as obras de revitalização dos passeios públicos (calçadas) da Rua Felisberto Soares, em um projeto que promete transformar a área central da cidade com características que valorizam os pedestres e a convivência entre as pessoas.

Com um investimento de R$ 426.194,30, por meio do Programa de Apoio a Projetos e Infraestrutura Turística do Ministério do Turismo, a obra será executada procurando impactar minimamente no fluxo dos turistas e moradores, em especial no acesso aos estabelecimentos comerciais localizados no trecho.

A empresa responsável pela execução da obra, vencedora do certame licitatório, é a Coima Construtora de Infraestrutura e Meio Ambiente. A revitalização inclui o alargamento das calçadas (dois metros em cada lado da via, ocupando hoje o espaço utilizado pelo estacionamento rotativo) e a implantação de cinco áreas de convivência projetadas para o trecho entre as Ruas Dona Carlinda e Borges de Medeiros.

VAGAS DE ESTACIONAMENTO

Seguindo uma tendência global em planejamento de cidades com a valorização dos pedestres e da qualidade de vida, o projeto terá impacto nas vagas de estacionamento no trecho da Rua Felisberto Soares entre as Ruas Dona Carlinda e Borges de Medeiros. As vagas de estacionamento permanente serão substituídas por vagas de embarque e desembarque de passageiros. Conforme a empresa Rek Parking, responsável pelo estacionamento rotativo no município, serão suprimidas 37 vagas de um total de 1.451 vagas disponíveis na área central da cidade.

Espaços de convivência

O diferencial do projeto, que foi idealizado pelas arquitetas Tatiana Ferreira e Carina Boeira, serão os espaços de convivência que prometem dar um charme especial ao Centro de Canela. As cinco áreas de estar terão características específicas e nomes distintos: Espaço Banda (palco para apresentações artísticas), Estar Menor (duas unidades), Estar Maior (para leitura e com guarda livros) e Estar Jogos Tabuleiros (xadres e damas).

Os espaços de convivência serão compostos por estruturas de madeira plástica para suportar a ação do tempo e contarão com bancos, paisagismo com flores e bicicletários. “É um projeto que vai convidar as pessoas a caminharem neste trecho, passeando pelo comércio e consequentemente permanecendo mais tempo no Centro da nossa cidade”, analisa o prefeito em exercício, Gilberto Cezar.

Até final do ano

O secretário de Obras, Luiz Cláudio da Silva, destaca que esta é uma intervenção complexa por ocorrer em um espaço urbano já consolidado e alerta para a possibilidade de ocorrerem interrupções no trânsito e no fornecimento de água. “Estamos tomando todos os cuidados necessários, mas em algum momento pode haver rompimento de redes. Contamos com a compreensão da comunidade e dos comerciantes caso haja algum transtorno e estaremos sempre a disposição para auxiliar”, afirma Luiz Cláudio. O prazo para a conclusão e entrega da obra é o dia 31 de dezembro de 2021.

Recentemente, representantes do Poder Executivo estiveram reunidos com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Canela (Acic), Lucas Dias, e com o presidente do conselho da entidade empresarial, Maurício Boniatti, com o objetivo de apresentar os detalhes do projeto e explicar como será o andamento da obra. “Será um espaço democrático, que somado a nova iluminação da catedral, aos novos passeios públicos, a iluminação de Led, entre outras melhorias e investimentos, mudará completamente este espaço. Canela terá que fazer no futuro a fiação subterrânea dessa área, quem ganha com tudo isso é a comunidade”, projeta Gilberto Cezar.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.