Publicidade
Notícias | Região Dengue

Nova Petrópolis tem aumento de 100% em focos de Aedes aegypti

Município está em situação de alerta, conforme levantamento da Vigilância Ambiental em Saúde

Publicado em: 06.04.2021 às 11:13

Nova Petrópolis teve um aumento de mais de 100% entre janeiro e fevereiro de 2021, no número de imóveis com focos do Aedes aegypti. O mosquito é causador de doenças como a dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela. O levantamento mensal é realizado pela Vigilância Ambiental em Saúde, órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social.

No período de janeiro/fevereiro, conforme o “Painel Aedes aegypti”,  foram encontrados focos do mosquito em 69 imóveis da zona urbana, enquanto que na etapa de dezembro/janeiro foram 33. O aumento mais que duplicou no período. 

Na rodada de visitas realizadas entre estes dois meses foram contemplados 6.850 imóveis. São dois funcionários efetivos da Vigilância Ambiental em Saúde e cinco funcionários contratados emergencialmente encarregados. Eles coletaram 1.229 larvas, das quais 285 eram do Aedes aegypti. Também foram coletadas 159 pupas, sendo 34 do Aedes. E foram capturados 34 mosquitos adultos e 31 eram da espécie transmissora do vírus da dengue. As análises são realizadas em laboratório próprio da Secretaria Municipal de Saúde.

Agora são oito bairros com focos do mosquito: Centro (18 focos), Pousada da Neve (15), Piá (11), Logradouro (10), Vila Germânia (5), Juriti (5), Bavária (3) e Recanto do Sossego (2). Neste momento, as placas itinerantes da campanha de prevenção ao Aedes aegypti encontram-se na Vila Germânia.

Município em alerta

Nova Petrópolis é considerada infestada pelo Aedes aegypti desde abril de 2018. Em fevereiro deste ano foi realizado o LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti). A partir destes dados o município passou para a classificação de “alerta” para transmissão de dengue, zika vírus ou febre chikungunya.

A escala do LIRAa possui três níveis: satisfatório, alerta e risco. Até fevereiro, Nova Petrópolis estava no nível satisfatório.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.