Publicidade
Notícias | Região NO SEU BOLSO

Após quarto aumento este ano, o preço da gasolina chega a R$ 6,00 na Região das Hortênsias

Novo reajuste entra nesta sexta-feira em vigor. Preço do diesel foi alterado três vezes no mesmo período

Por Joceline Silveira
Publicado em: 18.02.2021 às 19:15 Última atualização: 19.02.2021 às 15:08

Novo reajuste entra nesta sexta-feira em vigor. Preço do diesel foi alterado três vezes no mesmo período Foto: Joceline Silveira / GES
Motorista, prepare o bolso. A Petrobras comunicou elevação dos preços nas refinarias a partir desta sexta-feira (19). Em comunicado, a estatal afirmou que vai reajustar a gasolina em R$ 0,23 por litro, aumentando o valor para R$ 2,48 o litro — acréscimo de 10,2%. Já o valor do diesel terá alta de R$ 0,34, passando para R$ 2,58 — aumento de 15,1%.

Leia todo o conteúdo EXCLUSIVO ASSINANTES

Em nota, a estatal ressaltou que os reajustes são aplicados nas refinarias, e não necessariamente serão repassados integralmente aos consumidores. "Os preços praticados pela Petrobras, e suas variações para mais ou para menos associadas ao mercado internacional e à taxa de câmbio, têm influência limitada sobre os preços percebidos pelos consumidores finais. O preço da gasolina e do diesel vendidos na bomba do posto revendedor é diferente do valor cobrado nas refinarias da Petrobras. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis", afirmou.

Mais de 30% em 60 dias

Este é o quarto aumento na gasolina que a Petrobras faz neste ano, enquanto o diesel já sofreu três reajustes. Em 18 de janeiro, a estatal aumentou a gasolina em 7,6%, e no dia 26 teve um novo acréscimo de 5%, mais 4,4% no diesel. No dia 8 de fevereiro, a estatal anunciou aumento de 8% na gasolina e 6% no diesel. Em dois meses, a gasolina já aumentou 30,8%, enquanto o diesel teve acréscimo de 25,5%.

Corrida aos postos

Após o anúncio que o preço da gasolina nas refinarias aumentaria hoje, os consumidores movimentaram os postos para poder abastecer os veículos com preços mais baixos. "Já estava um absurdo e agora mais um aumento, é complicado. Então se der pra economizar", afirma Caroline Dias, 26 anos.

Sulpetro prevê novos aumentos

O presidente do Sindicato Intermunicipal do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes do Rio Grande do Sul (Sulpetro), João Dal'Aqua, avalia que o preço da gasolina deva sofrer nova elevação na região. "Devemos esperar que na próxima quinzena, possivelmente teremos uma nova correção. Além da elevação do preço do petróleo no mercado internacional, estamos com um dólar elevado o que nos conduz a este cenário de preços altos. Obviamente aliados a alta carga tributaria incidentes sobre os combustíveis".

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.