Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Produto típico

Senado confere a Gramado título de Capital Nacional do Chocolate Artesanal

Proposta foi aprovada nesta terça-feira e segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro

Última atualização: 11.02.2020 às 22:02

O Senado aprovou nesta terça-feira (11) projeto de lei que confere ao município de Gramado o título de Capital Nacional do Chocolate Artesanal. “Este é um produto típico da região serrana, que movimenta a
economia local. A fama do chocolate artesanal de Gramado já cruzou as fronteiras do Rio Grande do Sul e hoje está presente em todo o País”, disse o deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS), autor da proposta. No Senado a relatoria foi de Lasier Martins (Podemos-RS).

O projeto do deputado Jerônimo Goergen foi inspirado na ideia do vereador Luia Barbacovi. O vereador acredita que o título reforça a vocação de Gramado e pode impulsionar ainda mais a indústria do chocolate na região. “É uma iniciativa que vai agregar ainda mais a este produto que tem se transformado em carro-chefe da nossa economia, no sentido de geração de emprego, renda e também na divulgação de Gramado e região”, explicou. A proposta segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Qualidade e história

Hoje, Gramado conta com 19 fábricas de produção artesanal que, sob a tutela de chefs chocolatiers, elaboram chocolates finos das mais diversas variedades, qualidades e preços.

O pioneiro neste setor foi o empresário Jaime Prawer. O empreendedor inaugurou a primeira loja de chocolates Prawer em 1976, ano da quarta edição do Festival de Cinema Brasileiro de Gramado.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.