Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Região Oportunidade

Programa Estação Educar 2020, da Trensurb, divulga resultado de sorteio

De um total de 2,6 mil inscritos, 100 jovens foram sorteados; programa oferece aprendizagem profissional a 40 jovens de famílias de baixa renda por meio do curso de assistente administrativo

Última atualização: 08.11.2019 às 14:40

Foto: Guilbert Trendt/Trensurb

A Trensurb divulgou nesta quinta-feira (7), o resultado do sorteio para seleção dos candidatos que passam à próxima etapa do processo seletivo para as turmas de 2020 do Programa Estação Educar. Realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS), o programa oferece aprendizagem profissional a 40 jovens de famílias de baixa renda por meio do curso de assistente administrativo, com duração de 800 horas. O resultado do sorteio está disponível na página do programa.

O sorteio público eletrônico ocorreu na quarta-feira (6), no auditório da empresa, selecionando 100 candidatos entre os 2,6 mil inscritos. São 50 para o turno da manhã e 50 para o turno da tarde. Eles passam à próxima etapa, agora classificatória, na qual serão selecionados 20 alunos para cada turno. Os candidatos sorteados serão convocados para entrevistas individuais e comprovação de requisitos conforme cronograma também disponível na página do programa.

A canoense Julia Bernard, 16 anos, foi a única entre os presentes no sorteio público a ser selecionada para a próxima etapa do processo. Disse considerar-se uma pessoa de sorte. “Eu não estava esperando, porque era muita gente”, afirmou. As atividades do curso desenvolvido na Escola de Educação Profissional Senai Visconde de Mauá, em Porto Alegre, contemplam os seguintes conteúdos:

Aos aprendizes são oferecidos, ainda, benefícios como remuneração de acordo com o salário mínimo-hora nacional, vale-transporte, vale-refeição e assistência odontológica.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.