Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | País POLÍTICA

Delegado que já investigou PCC é escolhido para apurar facada de Bolsonaro

Polícia Federal designou o delegado Martin Bottaro Purper, que já comandou investigações contra a facção

Por O Estado de S.Paulo
Publicado em: 06.01.2022 às 09:42 Última atualização: 06.01.2022 às 09:52

A Polícia Federal designou o delegado Martin Bottaro Purper, que já comandou investigações contra a facção Primeiro Comando da Capital (PCC), para assumir o inquérito sobre a facada sofrida pelo presidente Jair Bolsonaro, em 2018. O caso era conduzido pelo delegado Rodrigo Morais Fernandes, que foi transferido para os EUA.

O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A investigação foi reaberta por decisão do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região, que liberou a análise de material obtido a partir da quebra de sigilo bancário do advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, responsável pela defesa de Adélio Bispo, autor do atentado.

A linha de investigação retomada busca verificar se alguém pagou pelo trabalho de Zanone no caso. Adélio cumpre medida de segurança na penitenciária federal de Campo Grande (MS).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.