Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | País EM SÃO PAULO

Bolsonaro recebe alta de hospital após quadro de obstrução no intestino

Presidente publicou foto com equipe médica na manhã desta quarta-feira

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 05.01.2022 às 09:21 Última atualização: 05.01.2022 às 09:32

O presidente Jair Bolsonaro publicou na manhã desta quarta-feira (5) no Twitter uma foto ao lado da equipe médica que o acompanha no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, e disse que recebeu alta. O chefe do Executivo está internado desde segunda-feira (3) devido a um quadro de obstrução intestinal, que se desfez.

Bolsonaro recebe alta do hospital
Bolsonaro recebe alta do hospital Foto: Redes Sociais/Divulgação

"Alta agora. Obrigado a todos. Tudo posso NAQUELE QUE ME FORTALECE", escreveu Bolsonaro na rede social. Não houve, até agora, confirmação oficial do hospital e nem da Planalto. Na foto, Bolsonaro aparece com uma camisa do Juventus, time de futebol da capital paulista. Também aparece na imagem o médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo. O profissional acompanha o estado de saúde do presidente desde que ele sofreu a facada em 2018, durante a campanha eleitoral daquele ano.

Na terça-feira (4), um boletim divulgado pelo hospital informou que Bolsonaro havia tido a sonda nasogástrica retirada e mostrava sinais de recuperação. Macedo, que estava de férias no exterior, chegou na terça-feira a São Paulo e, após realizar uma avaliação clínica "criteriosa" em Bolsonaro, descartou a necessidade de cirurgia.

De acordo com Bolsonaro, ele começou a passar mal no domingo (2) em São Francisco do Sul (SC), onde passava as férias desde o dia 27 de dezembro. Devido ao desconforto abdominal, o presidente deixou o litoral catarinense de helicóptero em direção a Joinville na madrugada de segunda. De lá embarcou para São Paulo com a comitiva presidencial.

Bolsonaro havia dado entrada no Vila Nova Star pela última vez em julho de 2021, quando também sentiu dores abdominais e ficou quatro dias no hospital. Na ocasião, também não precisou ser operado. O presidente já realizou seis cirurgias em decorrência do atentado a faca sofrido em 2018 em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.