Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Gramado Gramado

Trabalhadores da hotelaria e gastronomia terão 12,58% de reajuste no piso da categoria

Índice de aumento em Gramado é o maior registrado no Rio Grande do Sul

Publicado em: 12.11.2021 às 15:36 Última atualização: 12.11.2021 às 17:11

Os trabalhadores da hotelaria e gastronomia de Gramado conquistaram o melhor índice de reajuste salarial do Estado e um dos melhores do Brasil no segmento. O acordo, que foi fechado pelo Sindicato de Trabalhadores (SINTRAHG) após diversas reuniões de negociação junto ao setor patronal, garantiu a principal reivindicação da categoria: reajuste com aumento de 12,58% no piso, ou seja, 1,5% acima da inflação.

Três reuniões já foram realizadas entre os sindicatos
Três reuniões já foram realizadas entre os sindicatos Foto: Divulgação
De acordo com o presidente da entidade, Rodrigo Callais, será pago em duas vezes: 8,86% agora e 3,72% em março de 2022. Com o índice, o valor do piso ficará R$ 1.476,17 em novembro deste ano e R$ 1.525,65 em março de 2022. Assim, aumentará em R$ 170,48, o que atinge a ampla maioria da categoria que trabalha em hotéis e restaurantes de Gramado.

Já os que ganham acima do piso tiveram o reajuste de 11,08%, que corresponde ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do período. Este reajuste também será pago em duas vezes: 7% agora e 4,08% em março do ano que vem.

Convenção Coletiva

Outra conquista considerada muito importante pelos trabalhadores dessa campanha salarial foi a manutenção dos direitos da Convenção Coletiva de Trabalho pelos próximos dois anos. “Isso dá uma tranquilidade a mais para a categoria em um momento em que a classe trabalhadora sofre muitos ataques nas suas conquistas, tanto por parte dos governos como por parte do empresariado”, assinalou o presidente do Sintrahg, Rodrigo Callais.

Todos os direitos também foram reajustados com base no índice de 11,08%, como o auxílio-creche e auxílio-educação, que é a ajuda de custo para material escolar. Outro direito que teve reajuste foi o abono qualificação profissional, este que corresponde a 12,5% do piso da categoria.

A partir de agora o salário também sempre será pago até o dia 5 de cada mês. No caso do dia 5 cair em final de semana ou feriado, será pago no próximo dia útil. Anteriormente a remuneração podia ser paga até o 5º dia útil do mês.

O adicional por tempo de serviço agora ficará unificado como base em triênios, ou seja, a cada três anos consecutivos na mesma empresa, o trabalhador terá direito a um acréscimo de 3% no seu salário. Para quem já recebe anuênio e quinquênio, os valores ficam mantidos, passando a ser triênio a partir de agora.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.