Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região Cinema

Comunidade pode trocar ingressos para a Mostra Educavídeo

A entrega dos alimentos pode ser feita em sete escolas da rede municipal

Publicado em: 12.08.2019 às 08:40 Última atualização: 12.08.2019 às 14:04

Foto por: Divulgação
Descrição da foto: Alunas Joana Peteffi, Julia Brezola e Bianca Fioreze trocam com o professor Vinícius os alimentos por ingressos para os familiares assistirem à noite do Educavídeo

A comunidade gramadense pode trocar ingressos para assistir os filmes produzidos pelo Educavídeo. Assim como em anos anteriores, a troca será feita por alimentos não-perecíveis. Dois quilos de alimentos equivalem a um ingresso para a noite da próxima quinta-feira (15). A cerimônia iniciará às 19 horas, no Palácio dos Festivais.

A entrega dos alimentos pode ser feita em sete escolas da rede municipal: EMEF Senador Salgado Filho, EMEF Dr. Carlos Nelz – CAIC, EMEF Presidente Vargas, EMEF Maximiliano Hahn, EMEF Vicente Casagrande, EMEF Mosés Bezzi e EMEF Nossa Senhora de Fátima. Além das unidades escolares, também há ingressos para a troca na sede da Secretaria Municipal da Educação, com o professor Vinicius.

Neste ano, o Educavídeo apresentará 10 produções: sete são curtas-metragens, (títulos: A fuga, Meninas Rebeldes, O tráfico, Força Feminina, Perfil Anônimo, As aventuras de uma família da colônia e Elementos); um curtíssimo (Game Over) e dois episódios do documentário Gramado: 100 anos de Turismo. Esta é a primeira série no formato documental que o Educavídeo produz. O programa anteriormente apresentou um média-metragem documental (Corrida pela Vida: uma jornada de gratidão) e uma série de ficção para a web, com duas temporadas (@ disponível no canal do YouTube).


Os temas sociais e o resgate histórico sobre o desenvolvimento do turismo na cidade são a ênfase das produções neste ano. Entre os temas que são abordados pelas produções de ficção estão a violência doméstica, obesidade na adolescência, problemas financeiros familiares, cyberbullying e os papéis sociais femininos e masculinos. Já a série documental apresenta o início do turismo em Gramado, enfocando aspectos históricos como a colonização, a chegada do trem e o surgimento de indústrias que criaram a grife Gramado como a cidade moveleira e têxtil (malharias).

Segundo a equipe pedagógica do Educavídeo, a série documental contará com 11 episódios e o projeto se desenvolverá ao longo de três anos. A intenção é abordar temas em cada episódio, como a gastronomia, agroturismo, eventos, turismo de saúde, arte, educação, parques naturais e temáticos e, ainda, as perspectivas para o futuro. Para a produção dos dois primeiros episódios foram realizadas mais de 15 entrevistas com personalidades da cidade, empresários, artistas e historiadores. A produção é realizada pelos alunos da turma do nível Avançado (alunos do Ensino Médio) com orientação dos professores.

O Educavídeo hoje conta com cerca de 70 alunos, divididos em quatro turmas: Iniciante, Intermediário, Avançado e Especial Mosés Bezzi. Os alunos têm idades entre 12 e 18 anos e são de escolas da rede municipal de ensino (Senador Salgado Filho, Dr. Carlos Nelz - CAIC, Presidente Vargas, Maximiliano Hahn, Vicente Casagrande, Mosés Bezzi e Nossa Senhora de Fátima, além das estaduais de Ensino Médio Caramuru, Santos Dumont e Boaventura Ramos Pacheco).

O Educavídeo iniciou suas atividades em 2011, com a participação em um projeto do Instituto Claro, o Claro Curtas. No ano seguinte, formaram-se núcleos em algumas escolas e, desde 2016, por meio de decreto municipal, o Educavídeo se tornou programa municipal, sendo realizado pela Secretaria Municipal da Educação e tendo a parceria da GramadoTur.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.