Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) estão protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Campeonato Gaúcho

Dourado dá prazo de três jogos para a recuperação

Capitão do Inter culpa a falta de ritmo de jogo pelo mau desempenho do time
01/02/2019 20:29 01/02/2019 20:29

Foto por: Ricardo Duarte/Inter
Descrição da foto: GAUCHÃO: Inter, do capitão Rodrigo Dourado, tem apenas uma vitória em quatro partidas disputadas
O início de temporada está sendo complicado para o Inter. Após a vitória na estreia do Gauchão, o time do técnico Odair Hellmann acumulou duas derrotas e um empate nas últimas três rodadas. Há três jogos sem vencer, as cobranças já começam a preocupar os jogadores e a comissão técnica. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o capitão Rodrigo Dourado falou sobre o momento da equipe.

"Cobrança sempre vai ter. Conversamos muito (após o 1 a 1 com o Veranópolis, na quarta-feira passada). O empate da forma que foi não pode acontecer. A gente não vai deixar mais acontecer. Não é normal a situação de três jogos sem vencer", afirmou. "A gente sabe da dificuldade do Campeonato Gaúcho. Ano passado foi assim, e depois melhoramos muito. Temos que focar, nos fechar e continuar trabalhando. No Inter, é inadmissível ficar três jogos sem vencer", enfatizou Dourado.

Ritmo de jogo

Para Rodrigo Dourado, o time titular precisa de mais dois ou três jogos para recuperar o ritmo de jogo e o entrosamento. "Foi curta a pré-temporada, muito calor. É difícil entrar no nosso rendimento normal. Mais uns dois, três jogos para todo mundo estar no ápice. Ritmo de jogo é totalmente importante. Se ficasse um mês treinando, não ia ser a mesma coisa", avaliou. "Jogamos dois jogos apenas (com os titulares). Vamos para o terceiro. A torcida pode cobrar daqui a uns dois, três jogos, se o rendimento não melhorar. Já vamos estar em patamar diferente. O início é difícil, mas vamos tentar chegar o mais rápido a esse ápice", projetou o volante colorado.

Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS