Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) estão protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Mundo Pet

Branca e Gorda ganham crachás de funcionárias em mercearia de Canela

Cachorras foram identificadas como recepcionistas no estabelecimento
04/01/2019 10:21 04/01/2019 10:21

Foto por: Divulgação
Descrição da foto: Novidade das cachorras comunitárias ganhou as redes sociais
Mais uma demonstração de carinho e preocupação com os animais comunitários de Canela. Além de casa, comidinha e água fresquinhas, Branca e Gorda estão identificadas com crachá de recepcionistas de um açougue e mercearia no Centro de Canela. A novidade das cachorras comunitárias ganhou as redes sociais devido ao carisma das mascotes e ao engajamento dos funcionários e proprietários do local.


Diariamente, as cachorras frequentavam o mercado com o seu tutor, Arnildo Mânica. E nesses passeios elas eram sempre presenteadas com restos de carne o ossos dados pelo Marcos Gallas. Mas faz cerca de dois anos que as cachorras adotaram o entorno do mercado como suas casas. “Seu Mânica foi morar em um asilo e elas vinham aqui toda a semana. Lembro de um dia que era frio e chovia muito quando encontramos a Branca no canteiro, depois disso fizemos uma vaquinha entre os colegas e construímos uma casinha para as duas na lateral do mercado”, conta Júlia de Souza, 19 anos. Seu Mânica faleceu no início de dezembro.

O engajamento da equipe

Além de já receberem carinho de todos, agora as cachorras têm caixinha para doação espontânea dos clientes. O objetivo é para a necessidade de algum atendimento veterinário, já que comida e água é por conta do mercado. “Acho importante ações como essa porque é muito triste ver os bichinhos na rua, sem ter o que comer”, destaca a menor aprendiz do estabelecimento, Evelyn de Oliveira,16 anos.

A Branca é a mais “caseira”, está sempre pelo entorno do estabelecimento. Ela não tem o olho esquerdo, as gurias acreditam que ela tenha sido maltratada, porque também é bem assustada. Já a Gorda é desprendida e passeia bastante pelos bairros próximos. Agora no período de Natal, até a casinha delas foi enfeitada com o tema.


Guardiãs

Não bastasse o carisma das duas mascotes, elas ainda protagonizaram uma história curiosa. Um dos funcionários do mercado perdeu uma nota de R$100,00 logo depois de sair do trabalho. No dia seguinte, depois de conferir as câmeras de segurança, foi possível identificar que Branca e Gorda ficaram a madrugada todo ao lado do dinheiro que havia caído do bolso do homem. “Elas perceberam que o colega tinha perdido alguma coisa e ficaram protegendo até o outro dia”, relata Júlia.

Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS