Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) estão protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Clima

Vento destelha casas em São Francisco de Paula

Também há relatos de transtornos Gramado e Canela
10/06/2018 23:24 11/06/2018 12:11

Defesa Civil/Defesa Civil
Destelhamento em São Francisco de Paula
A forte ventania que atingiu a região na noite de domingo (10), causou prejuízos principalmente ao município de São Francisco de Paula. Segundo a Defesa Civil, de 25 a 30 residências foram destelhadas parcialmente. Ninguém ficou ferido e nenhuma família chegou a ser deslocada.

“As casas não foram destelhadas totalmente, foram poucas telhas removidas pelo vento, então o impacto não foi tão grande”, avaliou o coordenador da Defesa Civil na cidade, Maurício Borges. Com a queda de um poste e fiação no bairro Rincão, alguns pontos da cidade chegaram a ficar sem energia, mas o serviço foi reestabelecido ainda na madrugada. Na segunda-feira pela manhã a Defesa Civil realizou entrega de lonas para as famílias atingidas e, em conjunto com a prefeitura, distribuiu cerca de 120 telhas.


Família foi removida em Canela
Em Canela o número de estragos também foram altos, até às 8 horas de segunda-feira o Corpo de Bombeiros da cidade já havia atendido 23 ocorrências em decorrência dos fortes ventos. Cerca de 10 casas foram destelhadas e uma família precisou ser removida de sua residência na Vila Maggi, pois a casa ficou totalmente descoberta. Postes e fiações também foram atingidos e, por isso, chegou a ter queda de energia em alguns pontos do município, inclusive no quartel dos Bombeiros.

O sargento Miguel Oliveira, comandante da corporação em Canela, orienta a população para que não corte árvores que aparentam estar em risco de queda. “A ventania continua, então não é momento de cortar árvores, o risco de acidente é maior nestas condições”, alertou o sargento. O comandante ainda sugere que a população tome cuidado, não estacionando seus veículos próximos a árvores e postes e também não atravesse sobre fiação caída na via pública ou próxima a água, pois os fios podem estar energizados.


Pouco impacto em Gramado

Em Gramado, entre as 21h50 às 23h15 de domingo, três registros de queda de árvores foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros. As ocorrências foram no bairro Várzea Grande, bairro Planalto e bairro Prinstrop, todos em via pública.


Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS