Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) estão protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Fiscalização

Anvisa proíbe lotes de canela em pó e azeite de oliva

Um dos produtos tinha inclusive pelos de roedor, segundo comunicado oficial
11/06/2018 17:38 11/06/2018 17:41

divulgação/Pixabay
Em um lote de canela em pó vendida no Brasil foram detectados pelos de rato
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta segunda-feira (11) a proibição de venda no Brasil de dois lotes de produtos, um deles de uma marca de azeite de oliva e o outro de canela em pó. 

O Diário Oficial da União informa que o lote 12DZ16TM do Azeite de Oliva Extra Virgem da marca Torres de Mondego apresentou resultado insatisfatório em características sensoriais, perfil de ácidos graxos, determinação de ácidos graxos polinsaturados, absorção no ultravioleta, determinação de acidez e análise de rotulagem. A fabricação do produto consta como 2/2016 e sua validade era até 12/2018.

Já um lote da Canela Em Pó da marca Santa Bárbara foi proibido, segundo a Anvisa, "por conter matérias estranhas. Os testes detectaram presença de fragmentos de pelos de roedor (indicativo de risco)". O lote interditado consta com fabricação em 02/08/2017 e validade até 02/08/2020.

A Anvisa determina a proibição dos lotes dos produtos em todo o território nacional.

* Com informações da Anvisa


Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS