Publicidade
Acompanhe:
Cotidiano | Viver com saúde Desordem neural

Enjoo na estrada é resposta do cérebro a conflito de informações

Neurologista explica que a sensação na barriga se origina no tronco encefálico do paciente

Última atualização: 11.05.2018 às 11:14

Manuelaloddo/Pixabay
Viagem de carro pode desencadear enjoos
O balanço do carro e as curvas na estrada ao longo de uma viagem são a combinação perfeita para desencadear enjoos em algumas pessoas. O mal-estar, que interrompe qualquer passeio tranquilo, não é mera frescura. Segundo o neurologista Tiago Sowmy,
o enjoo é uma resposta dada pelo corpo devido a uma desordem de informações no cérebro. “O que acontece é que há um conflito entre o sistema vestibular, responsável pelo equilíbrio, o sistema visual e o sistema sensorial, pois se tem a impressão visual do
movimento do carro, a sensação de repouso em relação ao carro, mas o labirinto [ouvido interno] recebe informações de movimento. Estas informações conflitantes geram os sintomas”, explica.

Apesar do enjoo logo ser sentido na barriga, o médico explica que não há relação com o sistema digestivo e que o reflexo independente do estômago. “Ele ocorre no tronco encefálico. Esta região é estimulada por estar próxima aos sistemas de equilíbrio e sensorial. Quando um deles é sobrecarregado, ocorre o incômodo.”

O profissional ainda ressalta que o problema pode ser extinto com o tempo, citando que o corpo tem a capacidade de aprender a lidar com este conflito de informações durante uma viagem de carro.

Além desta adequação natural e dos medicamentos, o neurologista informa que há tratamento para quem sofre mais com os enjoos. “O mais efetivo é a fisioterapia vestibular, que é direcionada para este tipo de sintoma”, explica o médico.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.