Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) estão protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Mundo Pet

Conheça a Mima, a gatinha moradora do Centro de Cultura de Gramado

Há 3 anos a gata vive no espaço cultural e é mimada por todos
15/05/2018 10:58 15/05/2018 11:20

Laura Gallas/GES-Especial
Mima apareceu no espaço há 3 anos e já estava castrada
Entre as obras de arte do Centro Municipal de Cultura de Gramado (CMC) existe outra atração, a doce Mima, uma gatinha comunitária. A bichinha é a mascote do local e recebe carinhos e comidinhas dos funcionários e professores das aulas particulares.
Segundo relatos, há pelo menos 3 anos a gatinha está pelas redondezas do espaço cultural. Ela apareceu por ali e, desde então, é a guardiã do espaço e muito, como o nome já diz, mimada. “Ela não interfere em nada aqui, e como seria bom se empresas e espaços públicos pudessem ter um pet comunitário”, comenta a diretora do CMC, Maria Helena Drecksler de Oliveira. A gatinha apareceu castrada e um pouco assustada na época, mas hoje adora um carinho e nem se preocupa com a movimentação. “As alunas do balé saem da aula e vem aqui fazer um carinho na Mima”, conta Maria Helena.

Laura Gallas/GES-Especial
Mima circula livremente pelas dependências do CMC e não interfere em nada, diz diretora

Uma mascote muito mimada

Laura Gallas/GES-Especial
Iuri conheceu a Mima e já a adotou
A cada mês os colaboradores do espaço e professores se dividem e compram ração para a Mima. Diariamente ela não exita em dar umas miadinhas para conferir se seu pratinho já foi “abastecido”. “Ela nos espera para abrir a porta, caso contrário, ela mesma tenta abrir se pendurando na maçaneta”, conta o professor de violão Iuri Giacometti (foto), 25 anos. O professor conta que quando viu a Mima já se encantou, mas ela ainda era assustada. “A primeira vez que vi a Mima ela tentava pular a janela da minha sala. A partir daí, lembro que todos falaram que tinham visto uma gatinha aqui por perto e ela foi ficando”, lembra.

"Aqui ela é feliz"

Laura Gallas/GES-Especial
Natashe é uma das humanas que cuida da Mima
“Sou a doida por bichos, adoro cães e gatos, e a Mima é mais uma que tenho um carinho especial”. Esse é o relato da servidora pública Natashe Bordin, 34 anos. Segundo ela, a Mima vive à vontade pelas dependências do Centro de Cultura e Secretaria, e inclusive já teve quem quisesse adotar ela. “Ninguém reprime a Mima, por isso ela é tão queridinha e mimada por todos. Aqui ela é feliz”, afirma Natashe.


Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS