VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Niyama

Sri Prem Baba: por que você atrai o que teme?

Obseve seus pensamentos de medo. E deixe-os passar.

Não é esquisito como, às vezes, pensamos com muito medo em alguma coisa e essa coisa acaba acontecendo? Especialmente com medos considerados "menores" - como o de encontrar uma barata, por exemplo. Você começa a remexer em livros antigos que encontroum em casa e pensa "nossa, que horror seria se eu encontrasse uma barata agora". De repente, a barata aparece!

Por que você atrai o que teme? Esse questionamento foi feito pelo líder espiritual Sri Prem Baba durante um evento na Índia no começo deste ano. Ele afirmou que esse círculo vicioso só é rompido quando você começa a observar esse medo e deixá-lo passar. Porque ele passa. Mas se, quando ele surgir, você alimentá-lo, vai acabar preso em uma bola de neve.

Devagar, se você deixar, a mente vai criando armadilhas e medos. E esses medos, se alimentados, criam travas difíceis de serem abertas.

Para Sri Prem Baba, os medos se materializam porque sua mente está naquilo. Você está colocando sua energia para criar, através dos pensamentos. Então, da próxima vez que surgirem pensamentos de medo, procure respirar fundo. Observe. Deixe o medo passar. E siga adiante, com a barata no meio dos livros ou sem ela. 

Um ótimo fim de semana! 

Pratique a gratidão

Em tempos de desespero, ódio e negatividade, pode ser difícil encontrá-la.

Gratidão.

Essa palavra tem sido cada vez mais utilizada no nosso dia-a-dia. Mas o que ela realmente significa?

Gratidão é entrega. É saber reconhecer as bênçãos que temos na nossa vida. Mas reconhecer de verdade. Olhar bem para as oportunidades que a vida nos deu e nos permitirmos agradecer. É saber apreciar as pequenas alegrias do dia-a-dia, vivendo mais intensamente o presente. 

Em tempos de desespero, ódio e negatividade, é difícil saber encontrar a gratidão. É muito fácil a angústia tomar conta, nos afundarmos nos pensamentos que parecem enumerar tudo que há de errado. Tudo que ainda falta fazer, conquistar, sentir ou mudar. 

Só que aí acabamos esquecendo das coisas boas. Do que já fizemos, conquistamos, sentimos. Do quanto evoluímos. 

Para o líder espiritual Sri Prem Baba, a chave para encontrar a gratidão está na maneira como encaramos desafios. Em uma entrevista recente para o programa Saúde de Corpo e Alma, da Rádio Globo, ele afirmou que podemos escolher entre encarar o desafio como algo que está contra nós ou podemos vê-los como oportunidades de crescimento, de mudança, de evolução. Para nos afinarmos mais com nosso propósito de vida. 

O que move você? Quais são as coisas boas na sua vida? Que já aconteceram, estão acontecendo ou ainda vão acontecer? A negatividade afunda. As coisas boas, por outro lado, ajudam a nos mover para a frente e até a enfrentar os problemas com mais clareza e tranquilidade. 

Neste feriadão, faça um exercício: sente-se por alguns minutos em silêncio, de olhos fechados. Pense nas bênçãos e nas coisas boas da sua vida. Nas pessoas que você ama e que amam você. Em tudo que já conquistou e o quanto já evoluiu. Faça uma respiração bem profunda e, do fundo do coração, agradeça. 

Um ótimo fim de semana! 

Seja lá onde estiver, esteja por inteiro

E aí vem aquela sensação de que as horas passaram voando e você não fez tudo que tinha que fazer. E a vida vai passando..

O que você está fazendo agora? Onde você está? Talvez pensando no que vai fazer depois. Ou no que já fez. 

E quem predomina no seu dia-a-dia? É você que manda na sua mente ou é a sua mente que manda em você?

Muitas vezes, e sem nos darmos conta, estamos fazendo uma coisa e pensando em outra. Acordamos já pensando no que temos para fazer naquele dia. Vamos trabalhar pensando em coisas de casa. Voltamos pra casa pensando em coisas do trabalho. Fazemos refeições e mal sentimos o gosto da comida. Aliás, muitas vezes acabamos comendo demais justamente por não prestar atenção no que estamos fazendo. Conversamos com alguém e dois minutos depois temos que perguntar novamente à pessoa o que ela disse, porque enquanto ela falava, nossa atenção não estava ali. Estava no celular. Na televisão. No computador ou em outro lugar, mais longe.

E aí vem aquela sensação de que as horas passaram voando e você não fez tudo que tinha que fazer. E os dias vão passando. A vida vai passando, rápido demais.

Neste fim de semana, se tiver a oportunidade de descansar, aproveite. Se estiver com a sua família ou seus amigos, curta a presença deles. Aprenda a estar mais no presente e menos no passado ou no futuro. Uma boa maneira de fazer isso é começar a observar a si mesmo. Viu que começou a mexer no celular durante a conversa? Volte sua atenção a quem está com você. Deixe o celular de lado. Longe, se precisar. Está lavando a louça ou dirigindo e a sua cabeça foi para outro lugar? Volte ao presente. Preste atenção no trânsito, no carro, no que está fazendo. Preste atenção em você. A partir daí, nossos momentos começam a ser ainda mais plenos e ainda mais especiais. E pode ser que a vida ainda passe rápido demais - mas pelo menos, estaremos vivendo, e não simplesmente passando por ela.

Tenha um ótimo fim de semana!

*Texto lido no bloco Momento Zen, no programa Carona da Rádio ABC 900 AM. 

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS