VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Motores

Apresentado o novo SUV Peugeot 3008 no Rio de Janeiro

Novo veículo será vendido por R$ 135,99 mil.

Gustavo Henemann/GES-Especial
O novo 3008 já recebeu 26 prêmios, sendo considerado o carro do ano na Europa
O SUV Peugeot 3008, de fabricação francesa, foi apresentado na noite desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro. Além de um design inovador e imponente, o novo veículo chega com um motor THP 1.6 16V de 4 cilindros, com 165 cv de potência. A nova geração será vendida por R$ 135,99 mil, o que surpreende por ter preço mais acessível da categoria. Alguns itens também chamam a atenção, como o porta-malas de 520 l, painel de instrumentos 100% digital e colorido e seletor de marchas elétrico (6 marchas + ré), entre outros.

Gustavo Henemann/Gustavo Henemann/GES-Especial
O SUV Peugeot 3008, de fabricação francesa, foi apresentado na noite desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro
Os 50 carros que a montadora colocou para pré-venda na última terça-feira (20) já foram reservados – e tudo isso em cerca de duas horas. Os 30 primeiros compradores levaram consigo também o e-kick, que é o patinete elétrico da Peugeot. “O 3008 é uma joia. Nós nos preparamos para esse momento, nos preparamos para essa chegada. Foi um trabalho de vários anos e estamos prontos para esse lançamento”, destacou a diretora geral da Peugeot no Brasil, Ana Theresa Borsari. O novo 3008 já recebeu 26 prêmios, sendo considerado o carro do ano na Europa.

Viagem a convite da Renault

Nova versão do SUV Renault é apresentada no Rio de Janeiro

Captur com nova configuração será comercializado por R$ 84,9 mil.

  • Captur
    Foto: Renault/Divulgação
  • Motor
    Foto: Renault/GES-Especial
  • Câmbio
    Foto: Renault/GES-Especial

A nova configuração 1.6 SCe X-Tronic CVT amplia o leque do recém-lançado Captur, que chegou ao mercado em março. A novidade será comercializada por R$ 84,9 mil - R$ 6 mil a mais que a versão de entrada Zen 1.6 com câmbio manual. A nova versão está sendo apresentada nesta segunda e terça-feira no Museu de Arte Contemporânea (MAC), projetado por Oscar Niemeyer no Rio de Janeiro. 

A transmissão continuamente variável e o novo motor 1.6 de 120 cv representam tecnologias à altura do visual moderno do Captur, que hoje conta com o veterano câmbio automático de 4 marchas associado ao motor 2.0 de 148 cv. Apesar de ter um número infinito de velocidades, tem 6 marchas pré-determinadas. Compacta, essa caixa também é usada no Nissan Kicks. Para se ter uma ideia, a versão é apenas 13 kg mais pesada que a 1.6 manual.

Diretor de Marketing da Renault do Brasil, Federico Goyret destaca que o powertrain une as melhores tecnologias da aliança Renault-Nissan, ressaltando o belo design que está sendo reconhecido pelos brasileiros. "Cerca de 50% dos compradores não pensavam em ter um Renault. Ou seja: são clientes totalmente novos", revela. A nova versão deverá corresponder a cerca de 60% das vendas totais do modelo.

Viagem a convite da Renault

Equinox e EcoSport são estrelas do Salão do Automóvel de Buenos Aires

Veículos fizeram sua pré-estreia na América do Sul nesta oitava edição do evento.

Chevrolet Equinox e o novo Ford EcoSport fizeram sua pré-estreia na América do Sul nesta sexta-feira (9) na oitava edição do Salão do Automóvel de Buenos Aires, que ocorre de 10 a 20 de junho. Esses são dois entre os diversos modelos destacados na mostra que em breve estarão no mercado brasileiro. Alem disso, o Kwid, que em novembro passado foi apresentado no Salão de São Paulo, ocupou todo o estande da Renault. O sucessor do Clio chega em agosto e teve seus preços oficialmente revelados: custa R$ 29,9 mil na versão Life, R$ 34,9 mil na Zen e R$ 39,9 mil no topo de linha Intense.

  • Renault Kwid
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Renault Kwid
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Renault Kwid
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Honda NSX
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Ford EcoSport
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Chevrolet Equinox
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Chevrolet Equinox
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Interior do Ford EcoSport
    Foto: Adair Santos/GES-Especial

O mercado argentino fechou 2016 com 700 mil unidades e, para este ano, a previsão é de que totalize 800 mil veículos. Ou seja: tem um terço do mercado brasileiro, que totalizou 2,3 milhões de carros no ano passado. Apesar da mostra argentina ter apenas metade do espaço em relação ao salão brasileiro, traz algumas supermáquinas que o público adora, como exemplares de Ferrari, Maserati e o novo Honda NSX.

O Equinox foi apresentado ainda na noite de quinta-feira (8) para os jornalistas convidados pela Chevrolet. O SUV sucessor do Captiva é o mais vendido da marca no mundo e virá ao Brasil em meados de outubro na versão topo de linha Premier, equipada com motor 2.0 turbo a gasolina com 262 cv, que atua em conjunto com o câmbio automático de nove marchas. Além de rodas aro 19", tem teto solar e abertura automática do porta-malas. Seu preço ainda não foi definido, mas a montadora garante que ficará na mesma faixa de preços de concorrentes como o Honda CR-V (R$ 146 mil).

Também vendido em terras portenhas, o novo EcoSport chega em agosto às lojas brasileiras com um facelift externo e interno, que inclui novo painel e sistema multimídia com tela maior. Quanto à mecânica, a novidade é o motor 1.5 Dragon de 3 cilindros, com 137 cv, e a opção do câmbio automático tradicional de seis marchas, que aposenta o Powershif de dupla embreagem. A motorização 2.0 agora é a mesma do Focus, com injeção direta e 178 cv.

A Volkswagen mostrou a nova geração do Tiguan, com capacidade para levar 7 pessoas, que chega ao Brasil no primeiro semestre do próximo ano, e a Amarok V6 turbodiesel, com 224 cv, que começa a ser vendida em meados de novembro deste ano. Outra novidade é o Golf reestilizado, que também será lançado ainda este ano.

Viagem a convite da Chevrolet

Argo: confira os equipamentos de todas as versões

São sete configurações, além da Opening Edition Mopar.

O Argo chega ao mercado em sete versões, além da série especial de lançamento Opening Edition Mopar, limitada a 1.000 unidades. São três opções de motores, três de transmissão e três configurações de acabamento: Drive, Precision e HGT. Confira os conteúdos e seus preços:

Drive 1.0: R$ 46,8 mil

A versão de entrada, campeã de economia na categoria, vem equipada com o motor Firefly 1.0 de três cilindros (77 cv de potência e 10,9 kgfm de torque), com transmissão manual de cinco marchas.

No pacote de itens de série, destaque para direção elétrica progressiva, ar-condicionado, display de alta resolução no quadro de instrumentos, banco do motorista com ajuste de altura, cintos de segurança retráteis de três pontos para todos os ocupantes, sistema Start&Stop, Isofix, travas elétricas e vidros dianteiros com acionamento elétrico.

Drive 1.3: R$ 53,9 mil

Traz o motor Firefly 1.3 com potência de 109 cv e torque de 14,2 kgfm, acoplado à transmissão manual de cinco marchas. Adiciona à versão 1.0 sistema de monitoramento da pressão dos pneus, central multimídia de 7’’ com tela sensível ao toque, de alta definição, e compatível com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto (esse item exclusivo é de série a partir desta versão), volante com comandos do rádio e telefone e segunda porta USB para o passageiro traseiro.

Drive 1.3 GSR: R$ 58,9 mil

Além da transmissão automatizada de cinco marchas GSR (Gear Smart Ride) Comfort, vem também com Controle de Tração (TC), Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) e sistema Hill-Holder, que evita que o carro se mova em breves paradas com inclinação. No console central, cinco botões permitem fácil acionamento, incluindo função Sport, que ativa um modo de condução mais esportivo. Por meio de paddle shifts no volante, o motorista pode trocar as marchas manualmente. O sistema conta ainda com a função Auto-Up Shift Abort, que garante retomadas mais rápidas. Além disso tudo, conta ainda com ambient lights, que deixa o interior mais requintado, controle de velocidade de cruzeiro, apoia-braço para o motorista, vidro elétrico traseiro e retrovisores externos elétricos com função tilt down e repetidores laterais, a mais que a versão Drive 1.3 manual.

Precision 1.8: R$ 61,8 mil

Vem com motor E.torQ 1.8 16V Evo VIS, que atinge potência de 139 cv e 19,3 kgfm de torque, acoplado à transmissão manual de cinco marchas. Na lista de itens de série estão alarme antifurto, faróis de neblina, faróis com luz de posição a LED, rodas em liga-leve aro 15’’ e banco traseiro bi-partido 60/40.

Precision 1.8 automática: R$ 67,8 mil

A versão acrescenta o câmbio automático tradicional de seis marchas, com possibilidade de trocas por paddle shifts junto ao volante. Para aprimorar a experiência e o conforto, inclui controle de velocidade de cruzeiro, apoio de braço para o motorista, volante revestido em couro e ambient lights.

HGT 1.8: R$ 64,6 mil

A versão esportiva da gama combina visual diferenciado à performance proporcionada pelo motor E.torQ 1.8 Evo VIS de 139 cv, combinado ao câmbio manual de cinco marchas. Oferece itens exclusivos, como o display multicolorido de 7’’ de alta definição e personalizável no quadro de instrumentos. Externamente, diferencia-se pela grade dianteira inferior com acabamento vermelho, spoilers no para-choque, moldura preta na parte inferior da lateral e nas caixas de roda, ponteira de escapamento trapezoidal cromada, rodas em liga-leve aro 16’’ e uma calibração de suspensão mais esportiva. Por dentro também há detalhes exclusivos, como o revestimento vermelho na parte central do painel. Também traz como diferencial uma calibração de suspensão e controle de estabilidade voltada para uma condução mais esportiva.

HGT 1.8 automática: R$ 70,6 mil

A versão topo de gama agrega o câmbio automático de seis marchas ao pacote. A exemplo das demais versões equipadas com câmbio automático, possibilita trocas pelas borboletas junto ao volante, além do conforto do controle de velocidade e do apoio de braço para o motorista.

Opening Edition Mopar: preço ainda não revelado

Baseada na HGT 1.8 AT6, a série limitada a 1.000 unidades traz um conjunto de acessórios Mopar, montados no Custom Shop da fábrica de Betim. Disponível apenas na cor azul Portofino – coincidentemente a mesma da camiseta da seleção italiana, vem com teto e retrovisores externos pintados de preto e com um aerofólio na tampa traseira, também na cor preta. Entre os acessórios Mopar, destaque para rodas em alumínio escurecidas (aro 16’’), protetor de soleira das portas, tapetes de borracha e carpete, kit de alto-falantes de alta performance com 60 W e o badge Mopar nas colunas traseiras. Além disso, vem com a conveniência do Mopar Vehicle Protection (MVP), com as três primeiras revisões incluídas.

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS