Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Canela

Polícia indicia cinco por morte em caldeira

Funcionários da empresa de Canela vão responder por homicídio culposo
10/11/2017 11:43 10/11/2017 11:45


Arquivo GES
Delegado Vladimir Medeiros
A Polícia Civil concluiu nesta semana investigações relativas a morte de Almiro Maciel, 43 anos, funcionário de uma empresa fabricante de papéis em Canela. Cinco colaboradores da indústria foram indiciados por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar) do colega. O fato aconteceu no dia 2 de março deste ano, no bairro Celulose. Na ocasião, Almiro estava dentro da caldeira para acender o fogo quando houve a explosão. Ele teve aproximadamente 90% do corpo queimado, chegou a ser encaminhado ao Hospital de Caridade de Canela e transferido ao Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, onde faleceu 10 dias depois. Segundo o delegado Medeiros, as investigações apuraram uma sucessão de erros técnicos na ação dos funcionários indiciados. “O que se apurou sucintamente foi o uso de combustível gasolina ao invés do uso de óleo diesel. Para que esse combustível errado pudesse ter sido utilizado e causado a explosão, se apurou que houve uma sucessão de erros técnicos anteriormente no procedimento para o acendimento da caldeira”, explicou Medeiros. Além da morte de Almiro, um colega, Noacir José dos Santos, de 42 anos, que aguardava na porta da caldeira no dia da explosão também sofreu ferimentos.

Cargos
Dezenas de pessoas foram ouvidas para a conclusão do inquérito. Os autos foram remetidos ao poder judiciário nesta semana. Segundo o chefe da Polícia Civil em Canela, delegado Vladimir Medeiros, os cargos dos colaboradores indiciados são variados, de alto e baixo escalão na estrutura de hierarquia da empresa. O delegado não revelou o nome dos envolvidos.


Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS