Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
O Gigante voltou!

Inter empata com o Oeste e retorna à Série A do Brasileiro

Colorado não teve boa atuação, mas segurou o 0 a 0 fora de casa para garantir sua volta à elite do futebol nacional
14/11/2017 23:11 14/11/2017 23:26

Ricardo Duarte/Inter
Jogadores comemoraram o acesso à Série A no vestiário após o jogo
Sofrido. Tenso. Dramático. Assim o Inter carimbou na noite desta terça-feira o seu retorno à Série A do Campeonato Brasileiro, após amargar a maior decepção em 108 anos de história. Com o empate por 0 a 0 com o Oeste, em Barueri (SP), pela 36ª rodada da segunda divisão, o Colorado chegou aos 65 pontos na tabela, sem poder mais ser alcançado pelo quinto colocado. E como não apresentou um futebol de classe nos últimos cinco jogos – uma derrota e quatro empates consecutivos –, os jogadores comemoram mais pelo alívio de escapar do calvário da Série B.

E com o objetivo de voltar à primeira divisão atingido, os jogadores colorados aproveitaram para desabafar depois do confronto. “É um peso que sai das minhas costas. Eu que estava ano passado sofri muito. Graças a Deus conquistamos o acesso”, destacou o volante Rodrigo Dourado. “Está todo mundo de parabéns, aliviado. O ano foi muito pesado. Vamos curtir o momento, mas não fizemos mais que nossa obrigação. Temos que voltar mais fortes. Essa camisa é muito pesada. Temos que brigar por títulos”, reforçou o goleiro Danilo Fernandes. “A volta é para eles também. O Zago que iniciou esse trabalho. O Guto Ferreira que é um grande treinador. Infelizmente, eles saíram”, finalizou o técnico interino Odair Hellmann.

O JOGO
Sem D’Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Leandro Damião, lesionado, o Inter fez um melancólico primeiro tempo, e na etapa complementar também pouco produziu e acabou o jogo pressionado pelos donos da casa. Aos 47min, Carlos teve a bola do jogo para dar a vitória ao time gaúcho, mas, na cara do gol, chutou para fora.
Apesar dos tropeços e garantido no Brasileirão do ano que vem, o Inter ainda vai brigar pelo título da segunda divisão. Tem pela frente o Goiás (fora) e o Guarani (casa).

Ficha Técnica

OESTE

Rodolfo; Daniel Borges, Joílson, Leandro Amaro e Willian Cordeiro; Wilson Matias e André Vinícius (Lídio); Velicka (Robert), Danielzinho e Mazinho; Raphael Luz. Técnico - Roberto Cavalo.

INTER

Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez (Charles) e Camilo; Sasha (Carlos) e William Pottker (Nico López). Técnico - Odair Hellmann.

Detalhes

Local - Arena Barueri, em Barueri (SP). Arbitragem - Pericles Bassols Cortez, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque e Marcelino Castro de Nazare.


Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS