Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Reumatologia

Entenda o lúpus, doença que levou Selena Gomez a um transplante de rim

LES é mais comum entre mulheres e acomete diversas articulações, além de rins, pulmões e pele

Selena Gomez/Arquivo Pessoal
Selena já havia anunciado em 2015 que foi diagnosticada com lúpus

A foto da cantora e atriz Selena Gomez, de 25 anos, após um transplante de rim correu o mundo nesta semana. A artista declarou em suas redes sociais que precisou passar pelo procedimento em decorrência de lúpus eritematoso sistêmico (LES), doença também conhecida apenas como lúpus. Ela já havia anunciado publicamente seu diagnóstico em 2015. "Descobri que precisava fazer um transplante de rim devido a meu lúpus e estava em recuperação. Isso é algo que precisava fazer por minha saúde. Honestamente estava ansiosa por dividir isso com vocês minha jornada por vários meses, assim como sempre esperei fazer isso com vocês", declarou em um recado aos fãs. 

Na entrevista abaixo, a reumatologista Carla Saldanha, que faz mestrado com ênfase em lupus, traz mais informações sobre esta doença autoimune, que é mais comum entre mulheres e acomete diversas articulações, além de rins, pulmões e pele.

O que é o lúpus?

Lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença autoimune, inflamatória que cursa com períodos de atividade e remissão/inatividade. Pode atacar qualquer órgão, mas de forma mais comum dá inflamação na pele e articulações. Suas formas mais graves envolvem inflamação renal, pulmão e cérebro, por exemplo. Predomina em mulheres em idade fértil, portanto, jovens.

Quais são os sintomas?

Os sintomas são variados e dependem de onde tem mais inflamação. Pode ter cansaço, mal-estar, febre, ínguas pelo corpo, dores articulares, vermelhidão no rosto característica em forma de borboleta, feridas dentro da boca. Também pode ter sangue e espuma na urina, perda de força, formigamentos e falta de ar, o que remete a um quadro mais grave.

O que provoca a doença?

Essa doença ocorre devido à interação de fatores genéticos (e são muitos os genes), ambientais e hormonais. O fator ambiental mais associado com a doença é a exposição à radiação ultravioleta e por isso pessoas que tem lúpus devem ter muito cuidado com o sol. O fator hormonal seria o estrogênio, hormônio feminino e por isso mais frequente em mulheres.

Todos os casos precisam de transplante?

Cerca de 30% dos pacientes que tem lúpus terão inflamação renal evidente. Destes, 10 a 30% evoluem com doença renal terminal, não necessariamente precisam de transplante renal. Ou seja, a minoria precisa de transplante renal. Este tratamento é reservado para aqueles casos que não tiveram nenhuma resposta aos medicamentos e que os rins não cumprem mais a sua função.

Dicas para prevenir a doença

  • Evitar exposição ao sol
  • Não fumar
  • Praticar exercícios físicos

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS