Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Dois do D'Ale

Inter vence o Santa Cruz e consolida a liderança da B

Argentino fez os dois gols que deram a vitória para o time gaúcho
30/09/2017 19:16 30/09/2017 19:16

Ricardo Duarte/Inter
D'Alessandro marcou dois gols neste sábado
A saga colorada na Série B está perto do fim. E mais um passo para concretizar a grande meta do clube em 2017 veio neste sábado. Vitória de 2 a 0 sobre o Santa Cruz, no Beira-Rio, com dois gols de D´Alessandro. Triunfo que consolidou o clube no topo da tabela, com 54 pontos, a seis do segundo colocado, o América-MG, que joga hoje. Mas, dentro de campo, o Inter teve rendimento abaixo de jogos anteriores. O primeiro gol, logo aos 9min da etapa inicial, em pênalti convertido por D´Alessandro após Guilherme Mattis tocar com mão na bola dentro da área, trouxe aos mais de 27 mil torcedores que foram ao Gigante a falsa impressão de que o Colorado pisaria no Cobra Coral e chegaria facilmente a uma goleada.

Contudo, apesar do amplo domínio, o time permitiu aos pernambucanos gostar do jogo. Desligamento mensurado na única chance que teve de ampliar, aos 43min, quando Pottker, de frente para Júlio César, bateu de canhota e o goleiro tirou com o bico do pé esquerdo.

No segundo tempo o Inter manteve a apatia até os 12min, quando Grafite quase empatou a partida. Fato que levou a irritação da torcida e a troca de Sasha por Camilo. E o cabeludo oriundo do Botafogo trouxe a eletricidade que estava faltando. Aos 25min, em tabela com D´Ale, recebeu do argentino e chutou de canhota no poste do Santa. Na sequência, eles inverteram os papéis. Camilo serviu o capitão, que teve categoria para cortar um marcador, chutar de esquerda e balançar as redes. Gol que foi seu quinto na competição e trouxe um componente nostálgico. A última vez que o 10 rubro marcou duas vezes havia sido na reinauguração do Beira-Rio, na vitória de 2 a 1 sobre o Penharol (URU), há três anos.

Nove pontos
A partir do segundo gol o time colorado apenas administrou até o fim da partida. Com a nova vitória, o cálculo é que faltam apenas nove pontos, ou três triunfos, para o time gaúcho garantir a classificação automática e a tão sonhada volta à Série A do Brasileirão. Agora, na próxima terça-feira, vai a Curitiba. Na Arena da Baixada encara o Paraná Clube, terceiro colocado, e de quem se distanciou oito pontos na classificação. Ausência certa é o zagueiro Victor Cuesta, que recebeu o terceiro amarelo. Entretanto, é provável que Guto Ferreira possa poupar alguns titulares, como William Pottker, Damião e mesmo o capitão D´Alessandro.

FICHA TÉCNICA

Internacional (2): Danilo Fernandes; Alemão, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Carlinhos (Iago); Rodrigo Dourado, Edenilson, D'Alessandro (Felipe Gutiérrez) e Eduardo Sasha (Camilo); William Pottker e Leandrio Damião. Técnico: Guto Ferreira.

Santa Cruz-PE (0): Júlio César; Nininho, Guilherme, Salles e Yuri, Wellington Cézar, Thiago Primão, João Paulo e André Luís; Bruno Paulo (Ricardo Bueno) e Grafite (Natan). Técnico: Marcelo Martelotte.

Gols: D'Alessandro, aos 9min do primeiro tempo (de pênalti) e aos 25min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Alemão, Carlinhos, William Pottker, Rodrigo Dourado, Víctor Cuesta (I); Guilherme (S).

Total Público: 27.479.
Pagantes: 23.419.
Menores: 2.287.
Não pagantes: 1.773.
Renda: R$ 558.273,00.

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fabio Pereira e Cipriano da Silva Sousa (trio do Tocantins).

Local: Beira-Rio.


Jornal de Gramado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS