Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Brasileirão

No São Januário, Grêmio é derrotado pelo Vasco

Com os titulares, Tricolor perdeu por 1 a 0 e desperdiçou a oportunidade de encostar no líder Corinthians, que neste domingo pode aumentar a vantagem novamente

Paulo Fernandes/Vasco
Vasco marcou seu gol e depois se fechou para segurar a vitória
Aniversário é sempre uma data especial. Porém, nem sempre é motivo de festa. E quando é, sempre tem aquele “furão” para filar o bolo. Neste sábado, no dia em que o técnico Renato Portaluppi completou 55 anos de idade, o Grêmio bem que tentou, mas não conseguiu presentear o treinador com uma vitória. Contra o Vasco, no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro, o Tricolor acabou derrotado por 1 a 0, e viu mais uma chance de encostar no líder Corinthians ser desperdiçada. O resultado deixa o clube gaúcho ainda na vice-liderança, com os mesmos 43 pontos. Neste domingo, o Coringão tem a oportunidade frente ao Santos, na Vila Belmiro, de abrir novamente dez pontos em relação ao Grêmio, em caso de triunfo no clássico.

O JOGO
Com o intuito de se aproximar do Corinthians, Renato mandou a campo o seu time titular, exceto Geromel e Luan, lesionados. Mesmo assim, o Grêmio encontrou muitas dificuldades de se infiltrar na defesa vascaína. A partida era ruim tecnicamente, sem grandes chances de gol. Os donos da casa melhoram a partir da segunda metade do primeiro tempo. Com mais espaços, o Vasco fez o gol da partida aos 42min, quando Mateus Vital recebeu cruzamento nas costas da zaga gremista e, livre, mandou para as redes de Grohe.

Na etapa final, o Tricolor pressionou muito, mas não era o dia. Os vascaínos jogavam apenas nos contra-ataques, que levaram perigo. “Se a gente tomar mais um gol, vocês vão ver o que é bom pra tosse!”, avisou Renato durante a partida. Sem ver a bola entrar, o Grêmio amargou uma nova derrota, que pode custar caro lá na frente. “Esse foi um dos três piores jogos que o Grêmio fez no Brasileiro”, resumiu Portaluppi.

Agora, o Tricolor é todo Libertadores. Na quarta-feira, faz o primeiro jogo das quartas de final contra o Botafogo, às 21h45, no Engenhão. “A gente tira de lição para quarta é que não podemos jogar como hoje. Demos mole”, finalizou Renato.

Ficha técnica

VASCO

Martín Silva; Madson (Pikachu), Breno, Anderson Martins e Ramon; Wagner (Paulinho), Escudero (Bruno Paulista), Wellington, Nenê e Mateus Vital; Andres Ríos. Técnico - Zé Ricardo.

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Edílson, Bressan, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro (Arroyo), Leo Moura (Everton) e Fernandinho; Barrios (Patrick). Técnico - Renato Portaluppi.

Detalhes

Local - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro. Horário - 18 horas. Arbitragem - Héber Roberto Lopes, auxiliado por Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS