Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Eliminatórias

Brasil fica no empate com a Colômbia em jogo de adversidades

William marcou o único gol da seleção diante dos colombianos

AFP
Brasil e Colômbia fizeram jogo de poucas emoções
A seleção brasileira vinha embalada nas Eliminatórias para a Copa da Rússia 2018. Antes do jogo desta terça-feira, contra a Colômbia, o selecionado do técnico Tite havia emplacado nove vitórias consecutivas. Mas neste duelo, algumas adversidades foram protagonistas no empate sem sal em 1 a 1 entre brasileiros e colombianos, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla.

Primeiro, o calor absurdo, que transformou a partida num caldeirão, trazendo uma sensação térmica de 40 graus. Outro fato frequente e característico do futebol sul-americano que não poderia faltar, foi a entrada de um “perro”, vulgo “cusco”, durante o primeiro tempo. Na ocasião, o duelo, que já não era empolgante, ficou parada por alguns minutos. Quando conseguiram dominar o bichano, o Brasil fez o golaço, no lance seguinte ao fato, com William.

No entanto, no segundo tempo, quando o jogo se desenhava como uma repetição dos primeiros 45 minutos, Falcão Garcia garantiu o empate da Colômbia e um pontinho para cada seleção na tabela de classificação.

Com o resultado o Brasil chega aos 37 pontos, na liderança da competição. Campeão simbólico das Eliminatórias, não podendo ser ultrapassado, e com o passaporte carimbado para a Copa de 2018, na Rússia, a seleção ainda tem dois compromissos pelo torneio. Pela 17ª rodada, enfrenta a Bolívia, fora de casa, no dia 5 de outubro. No dia 10 do mesmo mês, o Brasil recebe o Chile, na Arena Palmeiras, encerrando sua participação nas Eliminatórias.

Colômbia: Ospina; Arias, Zapata, Davinson Sánchez e Fabra (Tesillo); Carlos Sánchez, Aguilar; Cuadrado (Chará), James Rodríguez e Cardona (Teo Gutiérrez); Falcao García Técnico: José Pekerman.

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva (Rodrigo Caio) e Filipe Luís; Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto (Philippe Coutinho), Willian e Neymar; Roberto Firmino (Gabriel Jesus) Técnico: Tite.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS