Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Segurança

Autores de latrocínio foram presos em Canela neste sábado

Operação Suíça desvendou crime ocorrido em 28 de maio deste ano

Divulgação
A ação, que contou com a participação de cinco policiais civis canelenses, ocorreu no bairro Santa Marta neste sábado
A Polícia Civil de Canela cumpriu dois mandados de prisão no início da manhã deste sábado, dia 15, esclarecendo as circunstâncias do crime de latrocínio ocorrido na cidade em 28 de maio. O delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, frisou que desde a ocorrência, o crime foi tratado com absoluta prioridade, devido às circunstâncias e gravidade dos fatos. Concluídas as investigações, apurou-se a forma de realização do crime, sendo identificados seus autores.

Um estava foragido e outro preso

Divulgação
Concluídas as investigações, apurou-se as circunstâncias do crime, sendo identificados seus autores que não tiveram suas identidades divulgadas
A ação, que contou com a participação de cinco policiais civis canelenses, ocorreu no bairro Santa Marta, onde um dos autores foi preso em uma residência. De acordo com a Polícia Civil, ele estava foragido do Presídio Estadual de Canela, para onde foi levado pela em razão dos fatos. O outro criminoso já havia sido preso e teve novo decreto de prisão cumprido pelos agentes policiais nesta manhã, no interior do presídio local.

As duas prisões fizeram parte da Operação Suíça. O delegado Vladimir Medeiros afirmou que a Polícia Civil de Canela, com estas as prisões, mantém 100% de esclarecimento em crimes de homicídio e latrocínio nos últimos quatro anos no município. Medeiros enalteceu, mais uma vez, a equipe de policiais civis da cidade, que mostram à comunidade, diariamente, comprometimento e qualidade nas investigações policiais. “Mesmo com todas as adversidades que temos, nossos resultados nos orgulham”, referiu a autoridade policial. Criminosos não tiveram suas identidades divulgadas pela Polícia Civil.

Sobre o crime no dia 28 de maio

Segundo a Polícia Civil, durante o crime realizado no início da manhã do dia 28 de maio (domingo), a vítima, de 70 anos, foi abordada no interior de sua casa, no bairro Vila Suíça, sendo gravemente agredida com golpes na região da cabeça. A vítima não resistiu e veio a falecer em 8 de junho, após permanecer internada no hospital desde a manhã do crime. No interior da casa, durante o crime, também estava a esposa da vítima, que também foi gravemente ferida.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS