Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Economia

Votação do salário mínimo regional é adiada para a semana que vem

Proposta chegou a ser colocada em discussão e recebeu duas emendas

Marcelo Bertani/Assembleia Legislativa do RS
Tarcísio Zimmermann usou a tribuna
Por falta de quorum, a votação prevista para ontem do projeto de lei (PL) 9/2017 do governo do Estado, que reajusta, retroativamente a fevereiro último, os pisos salariais gaúchos, acabou sendo adiada para a próxima terça-feira. A proposta chegou a ser colocada em discussão e recebeu duas emendas, mas uma verificação de quorum interrompeu seu encaminhamento, quando já haviam se utilizado da tribuna os deputados Tarcísio Zimmermann (PT), Nelsinho Metalúrgico (PT), Enio Bacci (PDT), Elton Weber (PSB) e Jeferson Fernandes (PT), que destacaram a importância do piso aos gaúchos, mas criticaram o governo pela majoração dos salários em índices abaixo da inflação e aquém das necessidades dos trabalhadores.

Também defenderam a aprovação de emenda de autoria dos deputados Elton Weber (PSB), Álvaro Boésio (PMDB) e Stela Farias (PT), que pretende elevar os valores iniciais previstos pelo governo em cerca de 18 reais a cada categoria, atendendo a reivindicações das centrais sindicais. Os parlamentares aprovaram o PL 23/2017, do Executivo, prorrogando, por mais um ano, parte da contratação emergencial e temporária autorizada por lei de 2013, e já prorrogada parcialmente em 4 de janeiro de 2016, de 40 especialistas rodoviários e de dez técnicos rodoviários, além de autorizar a contratação de três servidores para exercerem funções de especialista rodoviário – Ciências Jurídicas e Sociais, junto ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). A proposta recebeu 49 votos favoráveis e nenhum contrário.  


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS