Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
No Beira-Rio

Inter entra em campo em clima de decisão no Gauchão

Colorado recebe o São Paulo, às 19 horas deste domingo, precisando vencer para subir na tabela

Ricardo Duarte/Inter/
Brenner é o goleador da equipe na temporada e terá a companhia de Carlos e Nico López no ataque
“Teremos quatro decisões pela frente. É assim que estamos encarando”, afirmou o técnico colorado, Antônio Carlos Zago, sobre as últimas quatro rodadas do Gauchão. E é preciso mesmo ir para esses jogos como se fosse uma final, já que o Inter ocupa apenas a nona colocação na tabela, fora da zona de classificação, com sete pontos ganhos em sete rodadas. A primeira decisão dessa reta final da primeira fase do Estadual será na noite deste domingo, quando o Colorado recebe o São Paulo, de Rio Grande, a partir das 19 horas.

Para esse confronto, Zago não poderá contar com o zagueiro Paulão e com o volante Charles, que estão suspensos. Os substitutos devem ser Ernando e Anselmo, respectivamente. Outra mudança na equipe deve ser o retorno de Uendel à lateral esquerda. No ataque, Brenner, goleador do time na temporada, volta à equipe após ter sido poupado do jogo contra o Sampaio Corrêa, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Ele deverá ter a companhia de Carlos e Nico López no setor mais ofensivo do time. Com uma formação bastante ofensiva, Zago pretende ir atacar o São Paulo, oitavo colocado, e subir na tabela de classificação.

O zagueiro Léo Ortiz ressaltou, em entrevista coletiva, que a posição do Inter na tabela do Gauchão é atípica para o clube. “É uma situação que não estamos acostumados a viver”, admitiu o jogador. “Temos totais condições (de reverter a situação), até pelo que demonstramos na Copa do Brasil e na Primeira Liga”, afirmou.

Para o zagueiro, uma das dificuldades é que os adversário se fecham mais para enfrentar o Inter no Gauchão. “A gente tem que começar a treinar para furar essa defesa. Não conseguimos engrenar ainda, mas estamos corrigindo. Aqui é um pouco mais pegado, mais duro. É característica do futebol gaúcho, de ser mais de pegada, ser mais fácil de marcar. Não é defeito. A gente sabe que vão vir assim”, comentou. Contra o São Paulo, o Inter terá o apoio da torcida para superar a marcação do rival.

INTER

Danilo Fernandes; William, Léo Ortiz, Ernando e Uendel; Rodrigo Dourado, Anselmo, D'Alessandro e Carlos; Nico López e Brenner. Técnico - Antônio Carlos Zago.

SÃO PAULO

Roballo; Adriano Lara, Lacerda, Diego Rocha e Henrique; Dema, Fidélis, Leomir e Cleilton; Chico e Neílson. Técnico - Gilson Maciel.

DETALHES

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Horário - 19 horas. Arbitragem - Jean Pierre Lima, auxiliado por Elio Nepumoceno Júnior e Gustavo Schier. Transmissão - Pay-per-view.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS