Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Insegurança

Ladrões frustram as férias de turistas

Visitantes tiveram carros arrombados no Lago Negro
Ilton Muller/GES-ESPECIAL
Veículos tem sido alvo dos ladrões há muito tempo
“Eu fui roubada porque confiei na história de que Gramado era uma cidade segura. Mas isso é uma propaganda enganosa”. Desabafo é da turista Terezinha Aparecida Socretta, de Sinop, Mato Grosso, ao meio dia de sexta-feira, dia 3, na Delegacia de Polícia, onde ela e seus familiares foram registrar ocorrência de arrombamento da camionete Nissan Frontier. Era o primeiro passeio da família em Gramado.
O esposo dela, Carlos Fernando de Souza, disse que deixaram o veículo estacionado na rua e quando retornaram encontraram o vidro do caroneiro, no lado direito, todo quebrado. Do interior do carro levaram bolsas com os documentos, cartões e dinheiro dele e de seus familiares de Sinop e de São Bernardo do Campo (SP).
Outros dois veículos estacionados ao lado também foram arrombados. Uma camionete Mitsubishi, de Porto Alegre, e uma Spin, de Araraquara (SP). O casal de Araraquara recém tinha chegado em Gramado, iniciando férias frustrantes. Weles vieram da Região dos Vinhedos e decidiram passar primeiro pelo Lago negro, antes de fazer o che-in no hotel no início da tarde. Além das bolsas e notebook, levaram medicamentos de uso contínuo do proprietário do carro.
O proprietário da Mitsubishi, Darcilo Benetti, disse que além das malas levaram os livros da sua esposa, Valda Savi. “A gente estava em Gramado desde segunda-feira, Viemos seguido para cá. Estávamos indo para Porto Alegre e resolvemos passara antes no Lago Negro”, lamentou ele.
Todos os turistas comentaram a falta de policiamento no local. “Não tem nem câmeras de segurança”, disse Carlos de Souza. O roubo foi cometido em sequência e com bastante rapidez. “Eles usaram um outro carro para levar tudo o que roubaram”, afirmou Darcilo.
Policiamento é feito em horários com maior incidência
A comandante da 1ª Companhia da Brigada Militar de Gramado, capitã Claudia Maldaner, informou ao Jornal de Gramado que o órgão está atento aos fatos ocorridos na última sexta-feira. “O policiamento em torno do Lago Negro é feito em horários aleatórios, dentro das possibilidades da instituição, com base nas análises dos crimes já ocorridos, dando preferência para horários com maior incidência”, explica a oficial. De acordo com a capitã, na última sexta-feira foram registradas três ocorrências no atrativo turístico e no mês de janeiro quatro (mesmo número em relação a janeiro do ano passado). “Existe um estudo em andamento em parceria com a Prefeitura Municipal de Gramado para instalação de câmaras de videomonitoramento no local o que ajudaria a coibir futuros furtos”, adianta Maldaner.
Ela enfatiza ainda as precauções que a própria população e visitantes podem ter ao estacionar seus carros no local. “Muitas vezes encontramos veículos abertos ou com todos os pertences das vítimas a vista (em cima de bancos) o que facilita a prática, sendo assim solicita-se que os proprietários dos veículos tomem mais precauções. Solicitamos também que quando avistarem um veículo ou pessoas em atitude suspeita avisem a Brigada Militar via fone 190”, alerta.
Agentes de trânsito intensificam fiscalização
A Prefeitura de Gramado informou que logo que soube dos arrombamentos em veículos no entorno do Lago Negro, no dia 3, procurou a Brigada Militar por meio da Secretária de Trânsito para verificar as ocorrências. Com a afirmativa das ocorrências, o secretário Luiz Evando Quevedo orientou aos agentes de trânsito que intensificassem a fiscalização de trânsito nos arredores do local, o que ocorreu no último sábado e domingo, e que, se percebessem qualquer atitude suspeita, comunicassem imediatamente a Brigada Militar. Esta medida será mantida também nos próximos finais de semana.
A Administração Municipal salienta, ainda, que “a Prefeitura de Gramado não tem guardas municipais e que aos agentes de trânsito cabe a fiscalização de trânsito e não o policiamento ostensivo, função que é de exclusividade da Brigada Militar”, afirmou em nota. As orientações da Secretaria de Trânsito reforçam o alerta da capitã Claudia Maldaner. “A Secretaria de Trânsito orienta aos turistas e visitantes do Lago Negro ou em qualquer ponto em que seus veículos fiquem isolados, a evitar que permaneçam visíveis, no interior dos carros, bolsas, carteiras, aparelhos eletrônicos, o que diminui a probabilidade deste tipo de ocorrência. Objetos à mostra podem ser atrativos para qualquer atitude delituosa”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS