Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Acidente

Helicóptero cai e deixa três feridos em Canela

A Força Aérea Brasileira irá investigar as causas do acidente
Rafael Zimmermann/Ges-Especial
Acidente aconteceu por volta das 12h15 de hoje
Um helicóptero caiu no terreno ao lado do Aeroporto de Canela em torno das 12h15 desta quinta-feira, dia 13. Conforme informações do Corpo de Bombeiros de Canela e do Samu, que prestaram atendimento no local, haviam três passageiros de Porto Alegre: um piloto de 40 anos e outros dois tripulantes, um de 25 e outro de 45 anos. Dois apenas sofreram escoriações e foram encaminhados ao Hospital de Caridade de Canela. O terceiro que, em princípio, não aparentava lesões, também foi dirigido ao HCC por fins de precaução.
Este helicóptero não possui vínculo com a empresa Tri Táxi Aéreo ou com o Aeroclube de Canela, que operam junto ao Aeroporto. De acordo com a Brigada Militar, a empresa proprietária da aeronave é do município de Eldorado do Sul e estava locada para um evento privado que acontece na cidade de Canela. No momento da queda, o helicóptero chegava à região.
Piloto tentou pousar na pista
Sandro Seewald/Divulgação
Aeronave vinha de Eldorado do Sul
De acordo com o instrutor do Aeroclube de Canela, Bruno Ramm, o helicóptero preparava sua chegada em Canela quando o piloto identificou problemas na aeronave. “Então eles tentaram chegar na pista do Aeroporto para pousar em segurança, mas não conseguiram e acabaram caindo 300 metros antes”, explica Ramm. A ocorrência na quinta-feira não afetou a operação do Aeroporto de Canela, mas a área em que o helicóptero caiu foi isolada.
Investigação e análise
A Força Aérea Brasileira irá investigar as causas do acidente. No entanto, o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, do V Comando Aéreo Regional (Comar), situado em Canoas, se dirigiu ao local a fim de apurar as primeiras análises sobre o caso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS