Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Rua Emílio Leobet, 1559, sala 21 - Bairro Avenida Central - Gramado/RS - CEP: 95670-000
Fones: (54) 3286.1666 - Fax: (54) 3286.4015

PUBLICIDADE
Violência

Índios invadem casa e danificam imóvel no Centro de Gramado

A BM atendeu ao chamado, mas alegou que os casos envolvendo indígenas são de competência da Polícia Federal
André Aguirre/GES-ESPECIAL
Móveis e objetos do interior do imóvel foram revirados e sujeira ficou acumulada em todos os cômodos da casa
Segundo o familiar da proprietária de uma residência localizada na Rua Coronel João Corrêa no Centro de Gramado, próxima a Estação Rodoviária um grupo de índios arrombou e estava ocupando o imóvel. O rapaz constatou que a casa foi violada na manhã desta quarta-feira, dia 17, quando foi até o endereço verificar a situação em que a moradia encontrava-se como frequentemente faz. O familiar destacou que após perceber a invasão foi a até a Brigada Militar (BM) que próximo a casa para acionar a força de segurança e ao retornar presenciou os indígenas fugindo do local levando utensílios e colchões que estavam na moradia.
Ele ressalta que há oito anos os índios instalavam-se na área frontal da residência e depois passaram a ocupar outras dependências nos fundos da residência. “Quando chegava aqui dizia para eles que a dona da casa ia chegar e eles iam embora,”conta ele. Móveis e objetos do interior do imóvel foram revirados e sujeira ficou acumulada em todos os cômodos da casa. Uma das portas de acesso à moradia foi danificada.
A BM atendeu ao chamado, mas alegou que os casos envolvendo indígenas são de competência da Polícia Federal (PF). Indignado com a ação dos índios o rapaz responsável por zelar pelo imóvel desabafou. “Não dá mais para ficar assim, alguém tem que fazer alguma coisa, eles (índios) destruíram a história de 80 anos de uma família,” disse. A proprietária do imóvel, reside no Rio de Janeiro e possui o imóvel a muitos anos. Após o fato o grupo de índios ficou na Rodoviária com todos os seus pertences.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS